24 de jan de 2014

Chega de dinheiro para a Copa, queremos dinheiro para saúde, educação e moradia!

Neste dia 25 de janeiro, aniversário de São Paulo, iremos ao ato contra os desmandos da Copa do mundo no Brasil! O ato terá início às 17h no MASP e haverá concentração no ABC às 15h30 na Estação de Trem Santo André organizada pela organização estudantil ANEL.


A Copa do Mundo no Brasil já bateu todos os recordes de gastos em Copas do Mundo, quase R$27,5 milhões foram gastos, sendo cerca de 75% financiado com recursos do BNDES, que empresta às empreiteiras com juros de 5% ao ano enquanto os trabalhadores arcam com as cada vez mais pesadas taxas de mercado.

A FIFA ganhou poder de mando e desmando em nosso país durante a Copa e as preparações. Não precisa pagar nenhum imposto ou encargo trabalhista, determina que produtos devem ser vendidos e quais estabelecimentos podem ser abertos nas regiões próximas aos estádios.

Enquanto isso, em São Paulo as enchentes seguem arruinando casas e vidas, no Rio de Janeiro falta água e luz, e em toda parte a saúde pede socorro e a educação pública agoniza. Por todo o país governadores e prefeitos choramingam por não ter recursos para pagar o piso salarial para os professores, mas quando se trata de conseguir dinheiro para os estádios todos correm para conseguir o mais rápido possível.

Ainda, a Copa do Mundo vem sendo utilizada como pretexto para aumentar a repressão sobre as manifestações e a criminalização da pobreza. Nas diversas cidades sedes, comunidades foram removidas à força para as obras da Copa, a especulação imobiliária avança e enfrentamos uma onda de prisões e processos aos participantes de manifestações.


Por isso nesse dia 25 de janeiro, nosso presente para a cidade de São Paulo será um ato em defesa do nosso direito à cidade – à cidade de São Paulo e a todas as cidades, onde a especulação imobiliária corre solta, onde os shoppings têm mais direitos que os jovens, onde a FIFA tem mais direito que nosso povo!